quarta-feira, 29 de abril de 2009



Triângulo Amoroso

Elisana estava lá, estava conversando com Daniel, um garoto do segundo ano que ela achava bonitinho e bem interessante, além de cavalheiro ele era super educado e confidente, diferente dos outros garotos do 2º ano Médio.
Elisana gostava do Pedro, mas depois de muita intimidade durante uma semana entre eles depois de terem se encontrado na casa da cunhada dele ele à tratou como nada, super frio, ela partiu para outra sem sofrer, para quem era loucamente apaixonada por ele solbe resolver bem, mas ela não pode negar que ainda sente uma forte atração por pedro. Pedro era da mesma sala dela, 8ª série, mas ele era da A e ela da B. E além de tudo ele tinha uma namorada, parecia até simpaticazinha e quando era necessario sabia se arrumar como garota, mas ela parecia um homem, as feições e modos de andar sentar, falar... Enfim, eles terminaram, nossa Elisana urrou por dentro, tudo o que ela queria, mas agora estava partindo para outra e ela queria ver no que ia dar... Eli e Daniel se desencontraram, depois ela ficou sabendo que ele procurou por toda a escola por ela, e perguntou para uma menina da sala dela que ele conhecia, para saber se ela tinha ido ou não para a aula. Nossa ela ficou felizerrima, "Ele procurou por mim" ... Na segunda ela foi, era simulado, e ele falou com ela... fazendo cocegas no lugar em que ela mais sentia cocegas, ele era muito extrovertido e simpatico, e tinha um sorriso contagiante. Não era lindo como Pedro, mas tinha algo nele que Pedro não tinha e que mexia muito com elisana. Os dias se passaram até que ela resolveu perguntar de quem ele gostava atualmente, ele não disse mais disse de quem era atualmente mais disse a passada, stephany, uma garota da 8ª série A que ela não suportava, nem uma ia muito com a cara da outra. Depois disse que estava gostando de uma menina que conheceu recentemente, conheceu de vista, mas não muito bem pessoalmente, disse que ela era da sala de elisana e que ela era divina, que parecia ser uma otima amiga... A pobre da elisana acreditou perdidamente que fosse ela, depois de tudas as dicas tudo indicava para ela, e ele estava muito afim de saber quem era a pessoa que ela estava gostando atualmente também, e ficou até triste quando ela mentiu dizendo que não era do segundo ano... Ele deu uma rosa para ela no buddy poke no orkut e ainda disse mais, meninas como você, principalmente especial para mim deviam ganhar uma rosa todo o dia... Onw... Que lindo! Mas mais dias se passaram, segunda chegou e ele estava completamente estranho, não era o mesmo, estava diferente, não falou com ela, fazia gracinhas, mas não falou com ela... Nem ela com ele, elisana era dura na queda. Não abraçou ela e não pulou em cima dela como sempre... Foi frio. Elisana ficou transtornada. Chegou em casa e à noitinha ele entrou no msn, eles conversaram e ela e ele botaram tudo para fora, se desculparam e teve até direito à emoticon de coração... No dia seguinte ela ficou sabendo que, as cinco candidatas que poderiam ser: Elisana, Jessica, Carol, Luiza e Elisa tinham diminuido para três, ela solbe isso por outra pessoa, ele preferiu contar para essa outra do que para Elisana, elisana ficou feliz achando que ele não contou para ela porque ela estava no meio das três, mas não... Quem estavam era Luiza, Elisa e Jessica... Mas a Jessica ele ja conhecia, então sobrará Elisa e Luiza, amigas de Elisana que sabiam de tudo e Elisa e Luiza eram primas... Nesse mesmo dia á noite ele ligou para Elisana, pois ela tinha pedido para ele ligar, e depois de muita pressão ele falou que não era Jessica e nem Elisa, ai elisana perguntou se era Luiza, e ele ficou calado e disse: - É mais tem uma terceira nessa historia- Elisana achou que ainda tinha chances de ser ela e perguntou quem era, mas ele não respondeu só disse: - Deixa, esquece esquece, ta certo. - Elisana ficou confusa e perguntou o que estava certo e ele confirmou que era a Luiza, e ele pareceu perdidamente apaixonado, Eli percebeu isso no dia seguinte quando conversava com ele, e com tudo que ele ja tinha dito antes, que ela era simplesmente divina, maravilhosa... E disse que estava amando ela. Otimo, depois que desligaram o telefone Elisana ficou pessima... Sempre disse que não sofreria por homem nenhum, não derramaria nenhuma lágrima... Mas não sabia que era tão dificil segurar essa vontade, ela ficou pálida, fraca e com uma ângustia no peito... Derramou pequenas lágrimas naquele dia e foi correndo ligar para uma das suas melhores amigas Maria... Ela ficou tão perplexa quanto a amiga quando atendeu o telefone e solbe que era a Luiza de quem Daniel gostava, Luiza era inteligente e legal, as vezez, porque ela era muito infantil, guardada, preservada, efim.. No dia seguinte Elisana contou para sua outra melhor amiga Victoria, ela ficou tão chocada quanto as outras, e chegou até a dar o maior apoio e sofrer com elisana, diferente de Maria, depois convenceram Eli a contar para a prima de Luiza, Elisa, outra melhor amiga... Ela não ficou tão chocada e também não tocou muito no assunto, e nem deu tempo, logo o pai dela tinha chegado para busca-la... O problema é: Daniel estava mais que disposto a conhecer Luiza... E pediu ajuda para uma das meninas do grupo de amigas dela, que entrou meio que forçada no grupo, e ela era a unica que não sabia que Elisana gostava, amava, era apaixonada por Daniel... E estava mais que disposta a ajudar Daniel que era seu amigão, e passar por cima de tudo e todos. Estava até ficando bem chatinha. A noite, Elisana entrou na internet e escutou umas musicas e derramou bem mais lágrimas do que imaginará, como poderia? Ela não achava que amasse tanto Daniel... E em falar nele, ele entra no msn, e ela resolve desabafar em códigos com ele, confiava nele, mas não tanto para dizer o que ela realmente sentia por ele, Se ela contasse perderia um amigo, duas amigas que ela gostava... Amava, adorava. Além de acabar com sí própia... Depois que ela saiu, ela viu seu hóroscopo, apesar de não acreditar muito nessas besteiras, e adivinhem? Dizia lá que no dia seguinte ela ia brigar com um amigo muito importante e Daniel era o unico, para ela... Amigo de verdade, lógico era isso que ele pensava. E dizia também que ia brigar com uma amiga, que era para tomar cuidado para não levar a vida sentimental para o lado profissional e cair nos estudos, e isso realmente estava acontecendo... Dizia também para manerar porque ela poderia magoar mais do que um coração de alguém que ela amava muito. Ela ficou com isso na cabeça, e de certa forma nem conseguia olhar direito para Luiza, ela não tinha culpa e nem sabia de nada, mas para Elisana ela sabia, e fazia aquela carinha de santa de sempre, lógico que no dia seguinte quando aquela amiga dela apresentasse Daniel para Luiza ela ia gostar dele, quem não ia gostar ele é super legal, e ela é muito infanti para respeitar o amor da outra, pelo menos era assim que Elisana pensava... Tinha certeza que os dois iam se dar bem e iam gostar um do outro mais ainda, mas tinha uma coisa que os impedia, ainda sim a amizade de Elisana com Luiza, apesar de ela saber que no fundo Luiza não ia respeitar os sentimentos dela, e o pai de Luiza, não gostava nem de saber da palavra NAMORADO que surtava, e Luiza respeitava muito isso... Mesmo assim Elisana não conseguiu dormir logo ao cair na cama. O outro dia seria longo... E arriscado em todos os sentidos.

2 Opiniões Formadas:

Imaginary Decadence disse...

Ooi

Que confusão...É sempre meio complexo estar no meio de algo e sem saber se este algo depende ou não de você,seja para ficar bom,ou,ruim.
Mas o negócio é respirar fundo,dar mais alguns passos,mesmo que meio tortos,chorar e gritar se assim for preciso...
E continuar...mais uma vez.
O tempo acaba curando as feridas,mesmo que fiquem cicatrizes.Mas,ainda assim,eu acho que aquela imagem que vemos lá no espelho sempre estará so nosso lado.
Beejoo*//

paulla disse...

Concerteza amr.